Heleno diz que apreensão de celular de Bolsonaro seria “inadmissível” — Exame

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, afirmou nesta sexta-feira que apreender o celular do presidente Jair Bolsonaro seria uma “afronta à autoridade máxima do Poder Executivo e interferência inadmissível de outro Poder”. O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou ao procurador-geral da República, Augusto Aras, um pedido…

Heleno diz que apreensão de celular de Bolsonaro seria “inadmissível” — Exame